Abril – Mês do Autismo

Termina hoje o mês do Autismo….

São muitos os portadores de Perturbação de Espetro do Autismo pelo mundo fora. Por se tratarem de pessoas únicas (não há dois autistas iguais!), são seres igualmente fascinantes, com os quais aprendemos todos os dias! Alguns têm capacidades absolutamente fantásticas! Cabe-nos a nós descobri-las!!!

No passado dia 2 de abril, celebrámos na escola o Dia Mundial da Consciencialização do Autismo, uma data criada pela ONU em 2007 e comemorada pela primeira vez em 2008.

Nesta data, em muitos monumentos pelo mundo inteiro se iluminam de azul, pretende-se ajudar a consciencializar a população mundial sobre o Autismo, um transtorno no desenvolvimento do cérebro que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.

Na nossa escola, pedimos a colaboração da comunidade escolar para construir um laço com peças de puzzle e vestir nesse dia uma peça de cor azul. Mas porquê azul e porquê um laço com peças de puzzle?

cor azul representa a maior incidência de casos no sexo masculino.

A peça de puzzle representa a complexidade do autismo e seus diferentes espetros que se encaixam formando o Transtorno do Espetro do Autismo.

O laço, que é utilizado também por outras causas, mas em cores diferentes, foi adotado em 1999 como o sinal universal da consciência do autismo. Além possuir as peças de puzzle, estas são em cores diferentes, representando a diversidade de pessoas e famílias que convivem com o transtorno. As cores fortes representam a esperança em relação aos tratamentos e à consciencialização da sociedade em geral.

Durante todo o mês de abril, a APPDA – Associação Portuguesa para As Perturbações Do Desenvolvimento E Autismo publicou todos os dias uma característica da Perturbação do Espetro do Autismo. Apresentamos aqui agora o calendário completo.

 

Anúncios

Semana dos Afetos

Atividade que decorreu de 11 a 15 de fevereiro, dinamizada pelo Atelier e executada pelos alunos integrados no projeto “Aprender fazendo”. Esta foi mais uma atividade do PAA desenvolvida em articulação com docentes de Educação Especial.

Nesta semana, em que se comemorou o dia dos namorados, decidimos comemorar o amor e os afetos.

Foi criado um cartaz de grandes dimensões e, como complemento, foram escritas frases relacionadas com inúmeras manifestações de afeto para os diferentes dias da semana.

Na cozinha, com dedicação e de mangas arregaçadas, os alunos confecionaram marmelada e biscoitos docinhos para partilhar miminhos na forma máxima da representação do afeto no Dia dos Namorados.

Além de possibilitar diferentes aprendizagens, este trabalho fez a ponte para a inclusão. Proporcionou a reflexão, o convívio, a socialização, a valorização dos alunos envolvidos e a envolvência de toda a Comunidade Educativa.

Dia da Não Violência Escolar e da Educação para a Paz – 30 de janeiro

A 30 de janeiro, comemorou-se o dia da Não Violência Escolar e da Educação para a Paz

Esta data procura alertar e sensibilizar para a necessidade de uma educação que promova valores como respeito, tolerância, solidariedade e não-violência. Estas são as premissas que promovem uma sociedade mais justa, mais capaz e mais interventiva.

É fundamental que se trabalhe desde cedo, prevenindo, evitando e consciencializando os nossos jovens.

Educar para a cidadania e para um adequado uso das redes sociais é imperioso.

A paz de todos começa dentro de cada um por isso é urgente ativar empatia, compaixão e capacidade reflexiva.

 

IMG_20190129_105117IMG_20190129_105105